Blood Drops

Bood Drops

1 note

Good Vibrations ♪

Bom, estou feliz. Parece que toda a animacao que eu nao tive no Natal foi transferida magicamente para o ano novo, porque tenho “a lot of good vibrations”. E nao! Dessa vez nao e so porque ja sei a roupa que vou usar, mas porque vou passar num lugar extremamente especial pra mim, com pessoas de importancia inigualavel em minha vida.

Mas voltando um pouco no tempo, pensando em 2010 e tudo o que se passou, posso dizer que foi um ano incrivel. Meu desempenho no colegio foi melhor do que o esperado. Estive solteira durante praticamente todo o ano. Por alguns motivos foi ruim, mas por vaarios outros foi muito bom. Como por exemplo me aproximar mais e mais dos meus amigos, conhecer novos amigos e poder ser bastante seletiva e paciente para esperar o homem que realmente quero que esteja em minha vida.

Com relacao a minha musica, eu simplesmente nao poderia querer algo melhor. Minha “carreira” deslanchou. Recebi vaarios convites, fiquei mais conhecida por pessoas importantes e cheguei ate a gravar um dvd!

Com relacao aos meus amigos, poucos foram os novos, mas o que realmente fiz foi fortalecer minhas antigas e verdadeiras amizades. Bruno esteve ao meu lado como sempre, um amigo simplesmente inexplicavel. Marina divertiu meus dias e pudemos nos unir mais do que nunca. E Aline demonstra mais e mais a cada dia que passa que e uma amiga extremamente verdadeira e especial. Me aproximei mais tambem de Emerson, um grande amigo que estava em “stand by” ha algum tempo, e estivemos extremamente grudados este ano.

Sobre novos amigos. Acho que posso falar sobre Leticia, uma amiga maravilhosa que se aproximou de mim este ano e so me fez bem. Lorrayne, uma amiga nao tao nova, mas nos aproximamos de maneira que eu nunca imaginaria e se demonstrou uma amiga de verdade, provamos que nossa velha amizade na verdade nunca acabou e entendemos porque ja fomos tao amigas. Mas acho que a pessoa que conheci e mais mudou meu ano em tao pouco tempo foi Joao. Nunca imaginaria que nos conheceriamos e nos dariamos tao bem. Conversamos um pouco e sempre imaginei que ficariamos timidos um com o outro e na primeira vez que saimos achei que ia ser um desastre, mas nos demos estranhamente bem, muito bem. Nosso dia foi maravilhoso, descobrimos que somos pessoas muito parecidas e nossas saidas comecaram a ser cada vez mais frequentes, o que nos uniu e me fez muito bem.

O que espero de 2010? Sinceramente, prefiro nao esperar nada, porque se e algo que aprendi e que tudo o que tiver de ser, SERA!

O que espero da noite de Ano Novo? Confesso, um homem.

0 notes

In a Blink of an Eye ♪

Sonho todos os dias em acordar de um sonho. Acordar de um sonho ruim, um pesadelo, e simplesmente nao temer as vozes. Nao temer que algo possa acontecer e ter a tranquilidade necessaria para viver uma vida sem sobressaltos e sem supresas desagradaveis.

Porque em um piscar de olhos tudo pode mudar. Nao que deva ser assim, mas tenho descoberto das piores maneiras possiveis, que essas mudancas repentinas podem ser quase frequentes.

E muito ruim olhar para tras e perceber que fizemos uma escolha. Nao precisavamos te-la feito e tinhamos tudo sob controle. Fizemos-na apenas por acreditar que nao teriamos nada a perder e que nao sofreriamos mais do que ja sofremos. Mas estamos descobrindo que a cada dia que passa nos tornamos menos tolerantes. E estou descobindo que e muito ruim viver apenas para proteger uma pessoa que no fim, saira magoada do mesmo jeito. E muito ruim viver por alguem que mesmo com todo seu amor nao consegue ser feliz e nao consegue deixar para tras fantasmas do passado que nos assombram por entre as magoas.

Mas quem sou eu pra falar de deixar magoas para tras? Fico sobressaltada a cada vez que vejo cenas desagradaveis se repetirem e se repetirem. Fui a primeira a concordar que isso tudo nao daria mais certo. Nao sou pessimista, mas estou cansada de sofrer.

Seria tao bom acordar amanha com a certeza de que tudo dara certo para sempre e de que serei capaz de proteger nos duas sozinha. Seria tao bom… Tao bom…

0 notes

Last Post about Christmas ♪

E no final, nao foi tao ruim assim. Nao mesmo. Nao parecia muito Natal mas eu estava me sentindo bem. Minha roupa ficou exatamente do jeito que eu queria, tirei algumas fotos pra me distrair, comi bastante coisa boa, confesso que na maior parte do tempo fiquei jogando UNO e a outra conversando por mensagens no celular com um grande amigo. Presentes eu nao ganhei na noite de Natal. Alguns eu ja tinha ganhado antes, outros so semana que vem.

Saimos da casa dos nossos amigos por volta de meia noite e pouca. Achei um tanto quanto cedo, mas nao me importei ao chegar em casa e assistir a alguns classicos desenhos de Natal no Cartoon Network. Cai no sono e nem vi as horas se passarem.

Acordamos razoavelmente cedo e fomos para o Rio visitar parte da familia. A viagem foi agradavel e - como sempre - manipulei a musica durante todo o percursso. Foi muito bom ver pessoas queridas. Comi bastante tambem e consegui a facanha de quebrar um pote de mousse de maracuja na geladeira nova da minha tia, mas faz parte e todos nos rimos. Ganhei alguns presentes dos quais realmente gostei. Voltamos para casa, como ja e de costume, dei mais uma olhada nos meus belos presentes e me preparo para o fim de um Natal estranho, mas divertido.

E fiz uma promessa para mim mesma. De que quando eu tiver minha propria vida e minha propria casa, todos os natais serao la. Terao uma arvore gigante lotada de presentes, as criancas explodirao de alegria, assim como eu, ao ver minha casa cheia. Todos dormirao la e farao toda a bagunca possivel. E a neve vai estar caindo pela janela daquela grande casa com a qual eu sonho. Brilhando. Sob as luzes do Natal.

0 notes

Second Chance for Christmas Time ♪

Este post pode me fazer parecer um tanto quanto volúvel, mas sinto-me bem melhor. Não sei se foi o perfume das flores, ou a música de Natal, mas fui comprar flores para minha avó e minha mãe cantarolava “Então é Natal”. Essa música me trouxe aquele velho espírito que costumava possuir dentro de mim. Talvez não por completo, mas senti que esta noite pode ser melhor do que eu imaginava.

Consegui escrever os cartões de Natal dos meus pais e confesso que me emocionei ao escrever belas palavras. Estava nervosa pois já tinha os cartões e nada de concreto surgia em minha mente para dizê-los. Mas como sempre, nada melhor do que a verdade para conseguir derrubar algumas lágrimas escondidas.

Eu e minha mãe entregamos dois presentes gigantes a duas crianças incrivelmente maravilhosas, e isso me fez lembrar o quanto é lindo o amor das crianças pelo Natal e aquelas casas cheias de presentes e expectativas aguardando o Papai Noel. Fiquei um tanto quanto deprimida por esta parte da minha vida ter passado, mas feliz por descobrir que minha felicidade pode ser transferida a alegria de todas as crianças a minha volta.

Não sei o que esperar, mas já sei que roupa usar. Espero que amanhã eu tenha um novo parecer da situação. Enquanto isso, é bom saber que meu amor pelo Natal talvez esteja retornando.

0 notes

Christmas Eve ♪

É véspera de Natal. Está chovendo lá fora e eu sinto uma imensa necessidade de escrever. Não sinto o clima de Natal. Talvez seja porque moro numa região onde não há possibilidade de neve, mas provavelmente não é isso. Meus amigos estão todos em casa prontos pra comemorar com sua bela família.

Minha mãe está trabalhando como uma louca e eu não faço a mínima idéia da roupa que vou usar. Não costumo usar vermelho e a única coisa que se assemelha a isso são minhas unhas, mas não são exatamente vermelhas, sinto como se fossem cor de sangue. Talvez ambas signifiquem a mesma coisa, mas hoje minha perspectiva traz sangue a memória.

Vamos passar a noite na casa de uns amigos. Bons amigos, grandes amigos. Mas a sensação de que estarei lá por não ter pra onde ir é um tanto quanto deprimente. Meus tios estarão do outro lado do mundo, “olhando para o mesmo céu que o meu” eles diriam, mas para mim isso não faz a mínima diferença. Queria que estivessem aqui. Meu avô estará em casa com sua mulher enferma e provavelmente cairá no sono manchando o tapete com o copo de whisky que deixará cair pelo chão. Espero que ele tenha bons sonhos. Minha bisavó sentirá falta de suas pernas que poderiam trazê-la até mim. Mas sinto orgulho dela e sei que estará em boas mãos - me sinto feliz por isso.

Remoer mágoas não faz muito meu estilo, mas este Natal me parece particularmente estranho. Meus grandes amigos estarão em minha mente e espero que tenham a noite feliz que merecem. Enquanto isso, estarei jantando, olhando em volta, mirarei a janela e não perderei as esperanças de que a neve ainda está por vir.